Primavera

por Sara Soares
Primavera

Delícia é esperar
A doce espera do casar
Sentir vontade
Se emocionar com pequenas coisas
Sorrir de tanto chorar
Chorar de tanto rir
"Ansioziar" até chegar
Toda de branco, flores no cabelo e singeleza nas mãos
Encher os olhos d'água, ao chegar no altar
É uma princesa! Ela é a noiva! 

Chegada a primavera e as noivas florescem. O mês de setembro atualmente é o mais cotado para o grande dia. A "prima vera" chega com cores vivas, com flores que parecem poesia e leva embora aquele friozinho do inverno. O clima é tão gostoso!
 Tudo isso faz com que as noivinhas se apaixonem pela estação e desejem uma data para vestir o tão sonhado vestido branco. E como dizia o velho ditado, o melhor da festa, é esperar por ela! E prepará-la com muito carinho, bom gosto e amor!

No post de hoje trago algumas curiosidades e significados presentes no casamento e fotos lindas para vocês apreciarem.

 Vamos lá!

Uma tradição antiga que veio da China, é jogar arroz nos noivos! Os grãos tem sentido de fertilidade e jogá-los, é desejo de fartura para os casadinhos.

O vestido branco foi popularizado a partir do casamento da rainha Vitória, em 1840. Até então, acreditem, a cor vermelha era a mais usada nos casamentos. O branco traz sentido de pureza e castidade.

Sobre o buquê da noiva, há quem diga que surgiu na Grécia. Era usado para espantar o mau-olhado e muitos eram fabricados com alho. Hoje, o buquê branco ou em tons pastel são os mais requisitados e trazem uma beleza aparte na grande entrada da noiva.

A aliança vem como símbolo de união e fidelidade. Surgiu entre os romanos e gregos que, segundo eles, no quarto dedo da mão esquerda existe uma veia ligada direta ao coração.

A famosa Marcha Nupcial foi criada em 1842, quando a rainha Vitória pediu ao seu ídolo, o músico Félix Mendelssohn que fizesse uma composição especial. A música ganhou o mundo após ser usada no casamento de uma das filhas da Rainha.

Para o véu, encontra-se vários significados... pureza, proteção, distinção da vida solteira para a vida de casada, entre outros.

E dentre todos esses charmes do casamento, encontrei também uma tradição que conta que no dia do casamento, a noiva deve trazer consigo algo velho, algo novo, algo emprestado e algo azul.

O objeto velho, para lembrar o laço da noiva com sua família. O novo, simboliza a vida que está começando a dois. O algo emprestado deve vir de uma mulher já feliz em seu casamento e o objeto azul vem com o sentido da fidelidade.

Bom gente, conversar sobre casamento é sempre uma delícia não é mesmo?! 

Esperar, preparar, sonhar, encontrar com as amigas para contar os detalhes!
A nossa noiva de hoje é linda e vai nos encher de inspirações. Espero que vocês gostem!

"Na primavera à calmaria, tranquilidade uma quimera
Queria sempre essa alegria
Viver sonhando, quem me dera" (As quatro estações)

































Vestido: Zephora
Maquiagem: Kelson Mendonça
Noiva: Lívia Giovanardi

Gostou? Compartilhe seu comentário